Pelo menos três pessoas morreram na Etiópia depois que um estande de madeira desabou durante uma grande celebração cristã ortodoxa.

Outras dezenas estão feridas e alguns relatos apontam o número de mortos em 10.

O estande ficava dentro do Imperador Fasilides Bath, onde milhares comemoravam o batismo de Jesus no festival Timkat em Gondar.

A Agência de Notícias Etíope informou que mais de 15.000 estrangeiros estavam presentes na celebração.

Um jornalista enviou uma foto do estande alguns minutos antes do colapso, mostrando o que parecia ser uma estrutura fraca.

Samuel Baheru, que viajou para Gondar em busca de Timkat, da capital Addis Abeba, observou corpos sendo carregados em macas.

“Ouvimos um barulho alto e o que vimos saindo das macas não foi agradável. No começo, entrei em pânico porque minha esposa estava lá dentro, mas depois a encontrei e continuamos com Timkat”, disse ele.

Tesfa Mekonnen, chefe de paz e segurança do governo da cidade de Gondar, negou que a tragédia fosse resultado de má construção, dizendo que o trabalho de construção havia sido feito por “profissionais”.

“Os jovens queriam participar para subir, então havia muitos e isso foi sobrecarregado”, disse ele.

A Etiópia é famosa por seus festivais cristãos ortodoxos, que atraem turistas fiéis e seculares de todo o mundo.