O produtor executivo de Walking Dead e ex-showrunner Scott Gimple prevê o que poderia ter acontecido se Rick Grimes (Andrew Lincoln) matasse o inimigo Negan (Jeffrey Dean Morgan) para acabar com a guerra contra os Salvador. Rick agiu unilateralmente quando escolheu capturar Negan no final da oitava temporada, “Wrath”, poupando e encarcerando Negan para homenagear o futuro civilizado e pacífico desejado pelo filho de Rick e Michonne (Danai Gurira) Carl (Chandler Riggs). Na nona temporada, 18 meses depois, Rick unificou as comunidades – Alexandria, Hilltop, o Reino, Oceanside e o Santuário, lar dos Salvador -, mas os vivos foram afastados mais uma vez depois que Rick aparentemente pereceu salvando os sobreviventes de uma horda de zumbis.

“Nós conversamos muito sobre o efeito borboleta, um personagem que está lá, um personagem que não está lá. Mostramos isso no último episódio de Michonne”, disse Gimple durante o painel virtual Walking Dead C[email protected], onde ele foi solicitado a especular em Rick fazendo a escolha oposta. O diretor de conteúdo de Walking Dead está se referindo ao episódio de saída de Gurira , onde Michonne sonhou com possíveis futuros desastrosos que nunca aconteceram .

“Acho que se eles matassem Negan, os conflitos teriam sido diferentes com as comunidades”, disse Gimple, acrescentando que esses conflitos provavelmente seriam “mais intensos” na primeira metade da 9ª temporada. Naquela temporada, Michonne redigiu uma carta para vincular as cinco comunidades por justiça e leis, enquanto a vingativa líder do Oceanside Cyndie (Sydney Park) liderou uma missão clandestina de executar salvadores por crimes imperdoáveis.

Nesse caso, onde Rick assassinou Negan, Gimple continuou: “Talvez Rick estivesse morto. Talvez esse rebanho tivesse atravessado uma das comunidades. Talvez isso tivesse criado mais conflitos, e talvez os Sussurradores entrassem e limpassem todos eles porque não conseguiram reunir tudo “.

Alpha (Samantha Morton) e os Sussurradores vestindo carne surgiram seis anos após o desaparecimento de Rick, chegando em um momento em que a líder de Alexandria Michonne – marcada por eventos profundamente traumatizantes – ficou desconfiada em relação a pessoas de fora, incluindo a colônia Hilltop, liderada por Maggie, uma vez amiga (Lauren Cohan).

Unidos mais uma vez após o colapso do Santuário e do Reino, as comunidades restantes e seus respectivos sobreviventes devem se unir para afastar os Sussurradores em segundo no comando Beta (Ryan Hurst).