Após 30 anos na Capcom, o antigo produtor de Street Fighter Yoshinori Ono está deixando a empresa, foi anunciado esta manhã. Embora nenhuma razão exata tenha sido dada para sua saída, Ono começou seu anúncio abordando as recentes críticas ao Capcom Pro Tour e, de forma mais ampla, ao impacto contínuo da pandemia COVID-19.

“Estou com a marca Street Fighter há muito tempo, vivenciando bons e maus momentos e até mesmo tempos inexistentes”, lê-se em parte sua nota, compartilhada nas redes sociais hoje cedo. “Meu coração está cheio de gratidão por aqueles jogadores que têm dado um apoio caloroso e gentil à marca, especialmente na última década, quando todas as atividades da marca Street Fighter recuperaram o sol e aumentaram sua vivacidade.”

“E agora, depois de servir quase 30 anos na Capcom, estou deixando a empresa neste verão”, continua. “Isso significa que vou renunciar à minha posição como gerente de marca para vários títulos da Capcom, incluindo Street Fighter.”

Você pode ler a nota completa de Yoshinori Ono abaixo:

Mesmo com a saída, e como nota Ono, Street Fighter vai continuar e, segundo ele, está em boas mãos.