Uma mulher foi presa em Ohio após supostamente esfaquear uma mulher por estar usando botas de pele.

A polícia deteve Meredith Lowell, 35, depois que ela teria atacado a mulher com uma faca dentro de uma igreja.

A polícia disse que a vítima, que não foi identificada, é uma babá da igreja que estava deixando as crianças na prática do coral.

A vítima sofreu três facadas com risco de morte, incluindo duas nos braços e uma no abdômen.

A polícia de Cleveland Heights descreveu o ataque como “aleatório” e “não provocado” em uma entrevista coletiva na quinta-feira.

Eles disseram que a facada aconteceu por volta das 17:20, horário local (22:20 GMT) na quarta-feira dentro da Igreja Presbiteriana de Fairmount.

Lowell mora nas proximidades, disse a polícia, mas as autoridades não acreditam que ela seja membro da igreja.

As botas que a vítima usava na quarta-feira eram na verdade peles artificiais e não um produto de origem animal, confirmou a polícia.

A chefe de polícia de Cleveland Heights, Annette Mecklenburg, elogiou os membros do público por intervir.

“Eles ajudaram essa vítima e, colocando-se em risco, conseguiram desarmar e conter Lowell até que a polícia chegasse”, disse Mecklenburg.

“Eles devem ser elogiados por suas ações rápidas e ajudar a evitar mais lesões a qualquer pessoa”.

Lowell foi acusada de tentativa de assassinato e agressão. Ela deve comparecer ao tribunal na segunda-feira.

Autoridades disseram que ela havia sido presa por crimes semelhantes no passado, incluindo um incidente em 2012, quando ela foi acusada de tentar contratar um assassino para matar um usuário de peles .