Um lutador profissional e ator morreu após o colapso durante uma luta em Londres.

Cesar Barron, conhecido como Rei da Prata, foi uma estrela em sua terra natal, o México, e apareceu ao lado do ator Jack Black no filme Nacho Libre de 2005.

O ator de 51 anos estava se apresentando no Roundhouse em Camden quando ele supostamente caiu na tela.

Um lutador mexicano homenageou seu “grande rival”, dizendo: “Ele foi como queria: lutar!”

El Hijo del Santo, também conhecido como Jorge Rodriguez, twittou seu “profundo pesar” pela morte de seu “parceiro em tantas batalhas”.

Barron estava no meio de uma partida no evento Greatest Show of Lucha Libre no sábado.

Relatos na mídia mexicana sugerem que ele pode ter sofrido um ataque cardíaco.

Imagens postadas on-line mostram o árbitro e vários outros homens correndo em sua ajuda depois que ele desmaiou.

O local confirmou que houve um “incidente” durante o show, mas disse que não foi capaz de comentar mais.

Cesar Barron
Cesar Barron apareceu sem sua máscara no primeiro-ministro da comédia de 2005 Nacho Libre | GETTY IMAGES

A Lucha Libre apresenta competidores mascarados, ou Luchadors, enfrentando uns aos outros em batalhas acrobáticas e coreografadas.

Barron cresceu em uma família de wrestling mexicana e seu pai era um lutador popular de lucha libre.

Como Rei de Prata, Barron encontrou sucesso mundial, aparecendo na World Championship Wrestling (WCW) dos EUA de 1997 a 2000.

Em 2005, ele estrelou como o vilão Ramses na comédia de Hollywood Nacho Libre ao lado de Jack Black.

Homenagens vêm do mundo do wrestling, com a companhia norte-americana WWE entre os que choram a estrela.

Fonte: BBC