A pérola natural mais antiga do mundo foi descoberta em uma ilha perto de Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos.

A pérola de 8.000 anos foi encontrada durante escavações na ilha de Marawah, que também revelaram a arquitetura mais antiga dos Emirados Árabes Unidos.

As autoridades disseram que a descoberta provou que as pérolas eram comercializadas na região desde os tempos neolíticos.

A pérola será exibida ainda este mês na galeria do Louvre, Abu Dhabi.

“A descoberta da pérola mais antiga do mundo em Abu Dhabi deixa claro que grande parte da nossa história econômica e cultural recente tem raízes profundas que remontam ao início da pré-história”, disse Mohamed Khalifa Al Mubarak, presidente da Abu Dhabi. Departamento de Cultura e Turismo.

Os arqueólogos usaram datação por radiocarbono para determinar que a pérola datava de 5800 a 5600 aC. Na época, as pérolas provavelmente eram usadas como joias e comercializavam com a Mesopotâmia – antigo Iraque – por cerâmica e outros produtos, de acordo com especialistas em Emerati.

As escavações na ilha de Marawah, que se concentraram em inúmeras estruturas de pedra desmoronadas, também revelaram cerâmica, contas feitas de concha e pedra e pontas de flecha de sílex.

AFP

A “Pérola de Abu Dhabi”, como foi apelidada, será exibida como parte da exposição do Louvre Abu Dhabi “10.000 Anos de Luxo”, que será inaugurada em 30 de outubro.