Esta manhã, a notícia de um novo jogo Star Wars do desenvolvedor da Ubisoft Massive (conhecido por The Division) pegou os fãs de surpresa. A EA não tinha um acordo de exclusividade para todos os jogos relacionados a Star Wars ? Este novo título significava que a EA não estava mais envolvida com a Lucasfilm Games? Acontece que esse não é o caso. A EA registrou para garantir aos fãs que fará títulos de Star Wars por muitos anos.

Em um tweet logo após o anúncio do título da Ubisoft, a EA deixou uma mensagem rápida. “Nós amamos Star Wars. Esperamos continuar nossa parceria com a Lucasfilm Games. Estamos fazendo mais Star Wars Games. BD-1 ainda é o mais fofo.” Esse tweet foi então corroborado por uma postagem de blog no site da Lucasfilm Games , que afirmava que a EA lidaria com as coisas de um ângulo diferente do da Ubisoft.

“Estamos muito orgulhosos dos jogos que criamos com a EA”, disse Douglas Reilly, VP da LucasFilm Games. “Continuaremos trabalhando com eles e nosso relacionamento nunca foi tão forte. Embora possamos não ter muitos detalhes para compartilhar no momento, temos uma série de projetos em andamento com as equipes talentosas da EA.” Um deles é provavelmente uma sequência de Star Wars Jedi: Fallen Order, que termina em uma espécie de suspense.

Embora a EA possa ter perdido os direitos de exclusividade sobre os jogos Star Wars, isso não significa que estará totalmente de mãos dadas com a franquia. Isso provavelmente é bom para os jogadores, já que os dois últimos títulos da série tiveram uma recepção calorosa. Parece que já saímos dos dias de Battlefront II e seu desastre na microtransação.